sábado, 20 de maio de 2017

2ª Leitura - 1Pd 3,15-18 - 21.05.2017

6º Domingo da da Páscoa
21 de Maio de 2017
Cor: Branco

Sofreu a morte na sua existência humana,
mas recebeu nova vida pelo Espírito.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 3,15-18

Caríssimos:
15Santificai em vossos corações
o Senhor Jesus Cristo,
e estai sempre prontos a dar razão da vossa esperança
a todo aquele que vo-la pedir.
16Fazei-o, porém, com mansidão e respeito
e com boa consciência.
Então, se em alguma coisa fordes difamados,
ficarão com vergonha aqueles que ultrajam
o vosso bom procedimento em Cristo.
17Pois será melhor sofrer praticando o bem,
se esta for a vontade de Deus
do que praticando o mal.
18Com efeito, também Cristo morreu, uma vez por todas,
por causa dos pecados,
o justo, pelos injustos,
a fim de nos conduzir a Deus.
Sofreu a morte, na sua existência humana,
mas recebeu nova vida pelo Espirito.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 10 de maio de 2017

2ª Leitura - 1Pd 2,4-9 - 14.05.2017

5º Domingo da da Páscoa
14 de Maio de 2017
Cor: Branco

Vós sois a raça escolhida, o sacerdócio real.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 2,4-9

Caríssimos:
4Aproximai-vos do Senhor,
pedra viva, rejeitada pelos homens,
mas escolhida e honrosa aos olhos de Deus.
5Do mesmo modo, também vós, como pedras vivas,
formai um edifício espiritual, um sacerdócio santo,
a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais,
agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.
6Com efeito, nas Escrituras se lê:
'Eis que ponho em Sião uma pedra angular,
escolhida e magnífica;
quem nela confiar, não será confundido'.
7A vós, portanto, que tendes fé, cabe a honra.
Mas para os que não crêem, 'a pedra que
os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular,
8pedra de tropeço e rocha que faz cair'.
Nela tropeçam os que não acolhem a Palavra;
esse é o destino deles.
9Mas vós sois a raça escolhida, o sacerdócio do Reino,
a nação santa, o povo que ele conquistou
para proclamar as obras admiráveis
daquele que vos chamou das trevas
para a sua luz maravilhosa.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 4 de maio de 2017

2ª Leitura - 1Pd 2,20b-25 - 07.05.2017

4º Domingo da da Páscoa
7 de Maio de 2017
Cor: Branco

Voltastes ao Pastor de vossas vidas.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 2,20b-25

Caríssimos:
20bSe suportais com paciência aquilo que sofreis
por ter feito o bem, isto vos torna agradáveis
diante de Deus.
21De fato, para isto fostes chamados.
Também Cristo sofreu por vós deixando-vos um exemplo,
a fim de que sigais os seus passos.
22Ele não cometeu pecado algum,
mentira nenhuma foi encontrada em sua boca.
23Quando injuriado, não retribuía as injúrias;
atormentado, não ameaçava;
antes, colocava a sua causa nas mãos daquele
que julga com justiça.
24Sobre a cruz, carregou nossos pecados
em seu próprio corpo,
a fim de que, mortos para os pecados,
vivamos para a justiça.
Por suas feridas fostes curados.
25Andáveis como ovelhas desgarradas, mas agora
voltastes ao pastor e guarda de vossas vidas.
Palavra do Senhor
Fonte CNBB

quarta-feira, 26 de abril de 2017

2ª Leitura - 1Pd 1,17-21 - 30.04.2017

3º Domingo da da Páscoa
30 de Abril de 2017
Cor: Branco

Fostes resgatados pelo precioso sangue
de Cristo, cordeiro sem mancha.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 1,17-21

Caríssimos:
17Se invocais como Pai aquele que sem discriminação
julga a cada um de acordo com as suas obras,
vivei então respeitando a Deus
durante o tempo de vossa migração neste mundo.
18Sabeis que fostes resgatados
da vida fútil herdada de vossos pais,
não por meio de coisas perecíveis,
como a prata ou o ouro,
19mas pelo precioso sangue de Cristo,
como de um cordeiro sem mancha nem defeito.
20Antes da criação do mundo, ele foi destinado
para isso, e neste final dos tempos, ele apareceu,
por amor de vós.
21Por ele é que alcançastes a fé em Deus.
Deus o ressuscitou dos mortos e lhe deu a glória,
e assim, a vossa fé e esperança estão em Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 20 de abril de 2017

2ª Leitura - 1Pd 1,3-9 - 23.04.2017

2º Domingo da da Páscoa
23 de Abril de 2017
Cor: Branco

Pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
ele nos fez nascer de novo para uma esperança viva.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 1,3-9
3Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.
Em sua grande misericórdia,
pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
ele nos fez nascer de novo, para uma esperança viva,
4para uma herança incorruptível,
que não se mancha nem murcha,
e que é reservada para vós nos céus.
5Graças à fé, e pelo poder de Deus,
vós fostes guardados para a salvação
que deve manifestar-se nos últimos tempos.
6Isto é motivo de alegria para vós, embora seja
necessário que agora fiqueis por algum tempo aflitos,
por causa de várias provações.
7Deste modo, a vossa fé será provada como sendo
verdadeira - mais preciosa que o ouro perecível,
que é provado no fogo -
e alcançará louvor, honra e glória
no dia da manifestação de Jesus Cristo.
8Sem ter visto o Senhor, vós o amais.
Sem o ver ainda, nele acreditais.
Isso será para vós fonte de alegria indizível e
gloriosa,
9pois obtereis aquilo em que acreditais:
a vossa salvação.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 5 de abril de 2017

2ª Leitura - Cl 3,1-4 - 16.04.2017

Domingo da da Páscoa
16 de Abril de 2017
Cor: Branco

Esforçai-vos por alcançar as coisas
do alto, onde está Cristo.

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 3,1-4

Irmãos:
1Se ressuscitastes com Cristo,
esforçai-vos por alcançar as coisas do alto,
2onde está Cristo, sentado à direita de Deus;
aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres.
3Pois vós morrestes,
e a vossa vida está escondida, com Cristo, em Deus.
4Quando Cristo, vossa vida, aparecer em seu triunfo,
então vós aparecereis também com ele,
revestidos de glória.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

2ª Leitura - Gn 22,1-18 - 15.04.2017

Sábado Santo da Páscoa
15 de Abril de 2017
Cor: Roxo

O sacrifício de nosso pai Abraão.

Leitura do Livro do Gênesis 22,1-18

Naqueles dias:
1Deus pôs Abraão à prova. Chamando-o, disse: 'Abraão!'
E ele respondeu: 'Aqui estou'.
2E Deus disse: 'Toma teu filho único, Isaac,
a quem tanto amas, dirije-te à terra de Moriá,
e oferece-o ali em holocausto
sobre um monte que eu te indicar'.
3Abraão levantou-se bem cedo,
selou o jumento, tomou consigo dois dos seus servos
e seu filho Isaac.
Depois de ter rachado lenha para o holocausto, pôs-se
a caminho, para o lugar que Deus lhe havia ordenado.
4No terceiro dia,
Abraão, levantando os olhos, viu de longe o lugar.
5Disse, então, aos seus servos:
'Esperai aqui com o jumento,
enquanto eu e o menino vamos até lá.
Depois de adorarmos a Deus, voltaremos a vós'.
6Abraão tomou a lenha para o holocausto
e a pôs às costas do seu filho Isaac,
enquanto ele levava o fogo e a faca.
E os dois continuaram caminhando juntos.
7Isaac disse a Abraão: 'Meu pai'.
- 'Que queres, meu filho?', respondeu ele.
E o menino disse: 'Temos o fogo e a lenha,
mas onde está a vítima para o holocausto?'
8Abraão respondeu:
'Deus providenciará a vítima para o holocausto, meu
filho'. E os dois continuaram caminhando juntos.
9Chegados ao lugar indicado por Deus,
Abraão ergueu um altar, colocou a lenha em cima,
amarrou o filho e o pôs sobre a lenha
em cima do altar.
10Depois, estendeu a mão,
empunhando a faca para sacrificar o filho.
11E eis que o anjo do Senhor gritou do céu,
dizendo: 'Abraão! Abraão!'
Ele respondeu: 'Aqui estou!'.
12E o anjo lhe disse: 'Não estendas a mão
contra teu filho e não lhe faças nenhum mal!
Agora sei que temes a Deus,
pois não me recusaste teu filho único'.
13Abraão, erguendo os olhos, viu um carneiro
preso num espinheiro pelos chifres; foi buscá-lo
e ofereceu-o em holocausto no lugar do seu filho.
14Abraão passou a chamar aquele lugar:
'O Senhor providenciará'. Donde até hoje se diz:
'Sobre o monte o Senhor providenciará'.
15O anjo do Senhor chamou Abraão,
pela segunda vez, do céu,
16e lhe disse:
'Juro por mim mesmo - oráculo do Senhor -,
uma vez que agiste deste modo
e não me recusaste teu filho único,
17eu te abençoarei
e tornarei tão numerosa tua descendência
como as estrelas do céu
e como as areias da praia do mar.
Teus descendentes conquistarão as
cidades dos inimigos.
18Por tua descendência serão abençoadas
todas as nações da terra, porque me obedeceste'.
Palavra do Senhor
Fonte CNBB

ou

Sábado Santo da Páscoa
15 de Abril de 2017
Cor: Roxo

2ª Leitura - Gn 22,1-2.9.10-13.15-18

O sacrifício de nosso pai Abraão.

Leitura do Livro do Gênesis 22,1-2.9.10-13.15-18

Naqueles dias:
1Deus pôs Abraão à prova.
Chamando-o, disse: 'Abraão!
'E ele respondeu: 'Aqui estou'.
2E Deus disse:
'Toma teu filho único, Isaac, a quem tanto amas,
dirije-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em 
holocausto sobre um monte que eu te indicar'.
9Chegados ao lugar indicado por Deus,
Abraão ergueu um altar, colocou a lenha em cima,
amarrou o filho e o pôs sobre a lenha
em cima do altar.
10Depois, estendeu a mão,
empunhando a faca para sacrificar o filho.
11E eis que o anjo do Senhor gritou do céu,
dizendo: 'Abraão! Abraão!'
Ele respondeu: 'Aqui estou!'.
12E o anjo lhe disse: 'Não estendas a mão
contra teu filho e não lhe faças nenhum mal!
Agora sei que temes a Deus,
pois não me recusaste teu filho único'.
13Abraão, erguendo os olhos, viu um carneiro
preso num espinheiro pelos chifres; foi buscá-lo
e ofereceu-o em holocausto no lugar do seu filho.
15O anjo do Senhor chamou Abraão,
pela segunda vez, do céu,
16e lhe disse:
'Juro por mim mesmo - oráculo do Senhor -,
uma vez que agiste deste modo
e não me recusaste teu filho único,
17eu te abençoarei
e tornarei tão numerosa tua descendência
como as estrelas do céu 
e como as areias da praia do mar.
Teus descendentes conquistarão as
cidades dos inimigos.
18Por tua descendência serão abençoadas
todas as nações da terra, porque me obedeceste'.
Palavra do Senhor
Fonte CNBB